• 05 de Dezembro de 2019
  • Comentário(s)

  • 28 de Novembro de 2019
  • Comentário(s)

Como garantir a segurança condominial no período de férias

O período de férias exige cuidados especiais com a segurança condominial. Afinal, é comum aumentar a onda de assaltos e furtos nessa época, uma vez que os criminosos se aproveitam que o condomínio está mais vazio e vulnerável. Por isso, todos os condôminos devem fazer sua parte para não colocar a proteção dos outros em risco.


Se você deseja saber mais sobre como deixar o condomínio protegido nas épocas de férias e feriados, continue lendo este artigo e confira nossas sugestões.

Suspenda a entrega de jornais/revistas

Para evitar que as pessoas percebam que não há ninguém na unidade ou que ela fique com aspecto de abandonada, suspenda a entrega de jornais e revistas da sua residência. Além disso, peça para que o síndico receba na portaria as correspondências que chegarem e entregue-as quando você voltar.    

Não anuncie para muita gente que vai viajar

Muito cuidado ao anunciar por aí que não estará em casa. Há pessoas que se aproveitam desses momentos para extrair informações e fazer mais uma vítima. Por isso, evite falar de data e horário com funcionários do condomínio ou até mesmo em uma conversa na área comum. Isso porque, nunca se sabe se alguém escutou e fará mau uso desses dados.

Nada de entregar suas chaves para qualquer um

Jamais deixe suas chaves com alguém que esteja fora do seu círculo familiar. Caso precise que alguém vá até a unidade, que seja uma pessoa confiável, deixe também o síndico e o zelador avisados da “visita”.

Tenha cuidados com o veículo antes de viajar

Se você vai viajar e pretende deixar seu veículo na garagem, lembre-se de tirar objetos de valor de dentro dele. Além disso, avise ao síndico que o automóvel está ficando na garagem para que ele possa averiguar se está tudo certo. Se necessário, tire uma foto dele antes de sair para comparar depois.

Ative os sistemas de proteção interno, se houver

Caso a unidade conte com sistema de alarme dentro dela, ative o e lembre-se de testá-lo antes de sair de casa. A segurança condominial também depende das instalações internas e dos cuidados que cada condômino possui.

Deixe um telefone de contato

Deixe um telefone de contato de uma pessoa próxima que não more no condomínio. Dê preferência para um familiar que possa ficar também com chaves reservas. Se acontecer algum problema o síndico pode telefonar para ela.

Comunique ao síndico sua saída

Lembre-se de avisar ao síndico que está indo viajar para que ele tome as providências necessárias e fique atento a qualquer movimento estranho no condomínio.

Para síndicos: redobre os cuidados com o controle de acesso

Os síndicos também devem ficar bastante atentos ao período de férias. É importante reforçar o rigor em relação ao controle de visitantes e nunca deixar alguém entrar sem autorização do condômino.

Em casos de festas e eventos, entrada apenas com documento de identidade e nome na lista. Se preciso, suspenda a entrada de veículos externos nesse período menos movimentado do condomínio.

Quando cada um faz sua parte, o condomínio fica muito mais protegido. Isso porque, a segurança condominial depende do empenho de cada um em seguir as regras sem deixar o outro vulnerável. Em um condomínio, quando a segurança é comprometida, todos estão em risco.

Agora que já sabe os cuidados que deve tomar, leia também este artigo sobre portaria virtual e entenda melhor suas vantagens para a proteção do condomínio!

Comentários