• 10 de Janeiro de 2020
  • Comentário(s)

  • 09 de Janeiro de 2020
  • Comentário(s)

Saiba como funciona um condomínio logístico

Você está satisfeito com a qualidade do setor logístico da sua empresa? Você quer melhorar o transporte de mercadorias da sua organização? Se respondeu positivamente a uma dessas perguntas, continue lendo este artigo. Ele é ideal para resolver esses problemas e outras questões que impedem o crescimento do seu negócio.

Aqui, vamos falar sobre o condomínio logístico. Uma ótima solução para trazer mais eficiência e qualidade para o transporte da sua empresa. 


    • Conceito de condomínio logístico;

    • Como funciona o condomínio logístico; 

    • Quais são os tipos de condomínio logístico; 

    • Quais são os benefícios do condomínio logístico. 


Quer melhorar os processos da empresa? Então continue lendo este artigo agora mesmo! 

O que é um condomínio logístico? 

A principal missão de um condomínio logístico é hospedar, em um único local, negócios que proporcionam aos seus consumidores o processamento e o recebimento de produtos. 

Geralmente, eles são localizados em territórios próximos às capitais. A escolha dessas regiões ocorrem porque elas permitem construir uma estrutura completa para atender o recebimento de várias cargas que são distribuídas no Brasil. 

No condomínio logístico, encontra-se negócios que são referências em armazenamento, transportes e processos logísticos. 

O sucesso desse tipo de condomínio pode ser explicado por vários motivos Dentre os mais comuns, encontra-se a capacidade de deixar mais fácil as operações e negociações das empresas.

Tudo isso só é possível porque o condomínio logístico é instalado próximo às rodovias. Sendo assim, o acesso de grandes veículos é mais fácil e eles não precisam entrar em centros urbanos para fazer a entrega ou coleta de produtos. 

O condomínio logístico não é mais uma tendência em nosso país. Ele é uma realidade. 

No início, os empresários escolhiam regiões com alto índice populacional e as capitais para lançar um condomínio logístico. 

Porém, nos próximos anos a realidade deve ser diferente. A intenção é instalar esse modelo em cidades vizinhas, pois os terrenos são mais baratos se comparado aos valores dos grandes municípios.  

Quais são os tipos de condomínios logísticos?

A construção de novas empresas aumentou a gravidade de dois problemas bastante comuns em nosso país: estocagem e distribuição de produtos. 

Para solucionar esses gargalos foi criado o condomínio logístico. Ele tem o poder de diminuir os gastos e aumentar a performance no trabalho. 

Existem diferentes tipos de condomínio logístico que trazem esses benefícios para as empresas. Cada um tem as suas próprias características.

Conheça abaixo!

Flex 

O primeiro tipo de condomínio logístico da nossa lista é o flex. Ele recebe esse nome porque os serviços são compartilhados por uma ou mais empresas em um galpão padronizado. 

A estrutura desse condomínio é flexível para suprir a necessidade de várias demandas e perfis de clientes. 

Toda a estrutura é feita por investidores. Eles costumam colocar o empreendimento no mercado sem exclusividade de pré – locação. 

condomínio-logístico

Monousuário

A diferença entre os condomínios flex e monousuário é bastante simples. O primeiro tem estrutura para atender diversas empresas. Já o segundo tem capacidade para lidar com somente um cliente.

O lado positivo é que o condomínio monousuário é construído de acordo com a demanda e logística do cliente. Ou seja, o processo é mais personalizado e completo para o empresário. 

Armazéns 

Esta opção é mais utilizada por redes atacadistas e operadores logísticos. Nela, as empresas conseguem estocar muitas mercadores em porta – paletes. Isso só é possível em virtude da sua estrutura modular. 

Cross-docking

Esse é um dos modelos mais conhecidos de condomínio logístico. A sua estrutura foi desenvolvida para facilitar o vai e vem de cargas, sem levar em consideração o armazenamento de produtos. 

O Cross-docking é muito utilizado por transportadoras. 

Misto

Nesta modalidade, o condomínio foi desenvolvido para movimentação e estocagem de cargas. Os centros de distribuição (CDs) de várias redes varejistas têm o costume de usar essa categoria. 

Industrial “Plug & Play”

A última opção da nossa lista é o “Plug & Play”. Ele é o preferido das indústrias. 

O condomínio logístico tem vários tipos e funcionalidades. Portanto, você deve escolher aquele que mais se enquadra ao seu objetivo e modelo de negócio.

Quais são os benefícios dos condomínios logísticos? 

Agora que você já sabe o que é um condomínio logístico, como funciona e quais são os tipos que existem, que tal descobrir os impactos que eles podem trazer para a sua empresa? 

Os empresários que investem nesse tipo de solução aumenta a segurança dos produtos; reduz os gastos com escoltas, vigiais e câmeras de segurança; diminui os prejuízos com a compra de terrenos; entre outros motivos. 

Um condomínio logístico traz diversas vantagens para as empresas. Além dos fatores que mencionamos acima, a infraestrutura física é outro charme do local. 

Nele, você tem acesso a vários serviços. Os mais comuns são: portaria, segurança, limpeza e jardinagem, estacionamento, refeitório e vestiários. 

O condomínio logístico é um investimento que não pode ficar de fora do planejamento da sua empresa. Afinal, ele melhora a logística do seu negócio, trazendo mais eficiência e qualidade. 

Percebeu o quanto os condomínios logísticos podem ser benéficos para a sua empresa? Se ainda restou alguma dúvida sobre o assunto, aproveite a oportunidade e compartilhe conosco nos comentários abaixo. 


Comentários