• 10 de Setembro de 2019
  • Comentário(s)

  • 10 de Setembro de 2019
  • Comentário(s)

Eleição de condomínio: saiba como funciona e quais são os cargos

A eleição dos cargos do condomínio é um ato em que todos os moradores devem participar, mas infelizmente, muitos não se interessam ou não recebem informações adequadas para se envolverem nesta participação. Por isso, mesmo que alguém queira se candidatar para algum cargo, ele pode não saber muito bem quais são as atribuições, os processos e o que fazer para efetivar sua candidatura.

Então, é importante falarmos sobre o assunto e esclarecer também os síndicos que já estão exercendo seu mandato para que conheçam melhor o processo eleitoral. Neste post, separamos tudo o que você precisa saber. Confira!

Por que é importante ter eleições no condomínio?

As eleições de condomínio são importantes para que os condôminos possam decidir quem vai tomar conta do local, ou seja, quem vai gerí-lo. Afinal, como qualquer espaço onde várias pessoas convivem, seja uma empresa ou outra organização, é necessária a intervenção de alguém para administrar e organizar o local.

No entanto, mais importante que as eleições é a participação dos moradores no processo eleitoral. É preciso que eles votem conscientemente, pois isso afeta diretamente o cuidado que o lugar onde eles vivem vai receber.

Quais são os cargos submetidos?

Para saber em quem votar, primeiro é necessário conhecer os cargos que são submetidos à votação. São eles:

  • Síndico: ele é responsável por toda a gestão do condomínio, desde a administração financeira, contratação de funcionários e até organização de assembleias. Este é considerado o cargo mais importante, tanto que é o mais conhecido por todos;
  • Subsíndico: Este cargo atua como um substituto do síndico na falta deste.. Sua função é auxiliá-lo na gestão do condomínio. Em casos como ausências curtas, férias, renúncia ou morte, ele assume a posição de síndico;
  • Conselheiros: O conselho do condomínio auxilia o síndico na parte fiscal, isto é, na prestação de contas, e na tomada de decisões. Deve haver no mínimo três membros conselheiros de acordo com a lei, mas podem ter mais a depender do porte do condomínio;

Como acontece a eleição de condomínio?

Agora, vamos abordar a parte que você mais deve estar querendo saber: como acontecem as eleições. O processo é simples, mas quem deseja se candidatar precisa pesquisar bastante sobre o cargo escolhido e pensar em quais serão as propostas para melhorar ou dar continuidade à gestão do condomínio.

A forma como as eleições ocorrem depende do que prevê o regimento interno. A votação requer a decisão da maioria simples, ou seja, o candidato que teve o maior número de votos, ganha.

Em geral, há um período determinado para que os candidatos se apresentem ao síndico atual e aos condôminos, assim como elaborem material, caso queiram, para apresentarem suas propostas, habilidades e pontos positivos.

Feito isso, é realizada uma votação em assembleia geral, em que todos os condôminos são convidados a participar. Os resultados saem assim que são contabilizados os votos e os vencedores devem permanecer no cargo por até dois anos, sendo responsáveis por convocar novas eleições futuramente.

Eleição de condomínio não é nenhum processo complexo. Entretanto, é preciso que todos participem e façam boas escolhas, assim como os eleitos devem levar seus cargos à sério, buscando realizar uma boa administração.

Foi eleito síndico e não sabe o que fazer? Calma! Basta ler este artigo, onde explicamos quais serão seus próximos passos!

Comentários