• 10 de Janeiro de 2020
  • Comentário(s)

  • 09 de Janeiro de 2020
  • Comentário(s)

Como fazer a manutenção de sacadas no condomínio?

A sacada é um dos espaços mais interessantes de um apartamento. Ela pode se transformar em um ambiente gourmet, na extensão da sala ou até em um local para fazer ginástica. 

Neste ambiente, os condôminios podem fazer uma integração total, apostar no nivelamento do piso ou simplesmente criar um novo cômodo na residência.

Porém, a sacada não permanece bonita para sempre. É necessário fazer uma manutenção para deixá-la linda e segura. 

Pensando nisso, vamos esclarecer neste artigo as principais informações sobre a manutenção das sacadas. 

  • Por que a manutenção da sacada é importante? 

  • Quem é responsável pela manutenção da sacada? 

  • Quando fazer a manutenção da sacada? 

  • Qual é o papel do síndico em relação a esse assunto? 

Quer descobrir mais detalhes sobre a manutenção da sacada? Então, continue lendo este artigo agora mesmo. 

Por que a manutenção da sacada é importante? 

As varandas estão a cada dia mais valorizadas nos apartamentos das grandes cidades. O fechamento de sacadas deixa o ambiente ainda mais moderno e aconchegante para reunir amigos, parentes e vizinhos. 

No entanto, dependendo do material utilizado, a decoração das sacadas pode se tornar um grande vilão para os moradores,  caso não seja feita uma manutenção preventiva e periódica. 

O perigo pode ser maior do que você imagina. Uma roldana com defeitos ou um vidro descolado podem causar graves acidentes. A lâmina de vidro, por exemplo, pode cair fora da sacada e parar na área comum do condomínio. 

A manutenção do envidraçamento da sacada é muito importante porque o equipamento funciona com mais eficiência, além de garantir que ele foi instalado corretamente. 

Na prática, todo o processo deve seguir as orientações da NBR 16.259, que é responsável por regulamentar o envidraçamento das sacadas. 

A regulamentação do produto foi aprovada em nosso país após quase 8 anos de negociação. Por isso, os síndicos ainda têm bastante dúvidas referentes a esse assunto. 

O ideal é estudar a legislação e procurar ajuda de especialistas. Afinal, um bom síndico tem como missão conscientizar os condôminos sobre os perigos que podem ocorrer com todos os moradores. 

Quem deve fazer a manutenção da sacada? 


É fundamental deixar claro que o trabalho de manutenção não pode ser feito de qualquer forma. 

O ideal é sempre orientar aos moradores que não chamem um amigo para executar o processo, mas sim um profissional que entenda sobre o assunto. 

O síndico só deve autorizar manutenções que são feitas por empresas especializadas, com infraestrutura adequada, endereço físico e CNPJ. 

A manutenção da sacada não é brincadeira. Portanto, deve-se exigir não só os melhores produtos do mercado, mas também profissionais qualificados para executar a demanda. 

O morador pode fazer uma manutenção periódica mais simples. Basta usar um pano limpo e água. Esses ingredientes deixam o material limpo e resistente. No entanto, não elimina a necessidade da manutenção profissional, combinado? 

Qual é o papel do síndico sobre a manutenção das sacadas? 

A manutenção de sacadas não pode ser ignorada por nenhum síndico. No Brasil, a cultura de prevenir não é levada a sério, mas nesse caso a atenção precisa ser redobrada. 

Por isso, recomendamos que esse tema seja sempre colocado em pauta nas reuniões de condomínio. Lembre-se também de enviar comunicados por meio de de redes sociais ou email. Dessa forma, todos moradores ficam cientes sobre a importância da manutenção do envidraçamento. 



manutencao-de-sacadas

Quando fazer a manutenção de sacadas? 

Os profissionais da área recomendam uma manutenção anual. Os moradores não têm muito conhecimento sobre o assunto e só buscarão ajuda quando ocorrer problemas com de funcionamento. 

O ideal é que as empresas informem quais são os períodos mais indicados para revisão e os cuidados necessários com limpeza e conservação do produto. 

Como orientar os condôminos sobre a manutenção de sacadas?

O morador não pode iniciar a manutenção do dia para a noite. Ele deve verificar se a legislação do condomínio permite fechar a varanda e quais são os produtos mais indicados para essa tarefa. 

O material utilizado deve ser o mesmo para todos os moradores. Assim, mantém o padrão estético e não desvaloriza o imóvel. 

Você pode dá uma sugestão interessante para os condôminos durante a reunião. Uma boa prática é fazer uma negociação com todos os moradores e diluir o valor na taxa de condomínio.

Nesse cenário, o síndico terá mais liberdade para conseguir um bom acordo com os fornecedores disponíveis no mercado. 

A manutenção de sacada pode ser um trabalho complicado. Porém, todos saem ganhando com o processo.  

Agora que você já sabe as principais informações sobre a manutenção da sacada, que tal compartilhar este artigo com os moradores do seu condomínio? Assim, todo mundo fica ciente sobre a importância do assunto. 


Comentários