• 18 de Junho de 2019
  • Comentário(s)

  • 13 de Junho de 2019
  • Comentário(s)

  • 10 de Junho de 2019
  • Comentário(s)

Cuidar do meio ambiente é uma das maiores preocupações que devemos ter nos dias de hoje. Isso porque, como podemos ver, a natureza está sofrendo a ação dos seres humanos, o que traz prejuízos para a nossa vida também. Por isso, neste artigo, trouxemos um passo a passo para que um condomínio sustentável seja desenvolvido.

 

Mas afinal, o que é sustentabilidade? Ela é mesmo importante? Vamos explicar tudo isso também neste post. Acompanhe!

O que é sustentabilidade?

O termo sustentabilidade é, na verdade, um conjunto de práticas pensadas para convivermos de maneira sadia com o meio ambiente. A ONU (Organização das Nações Unidas), por exemplo, possui 17 objetivos para o desenvolvimento sustentável. Alguns deles são:

  • objetivo 2: acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável;
  • objetivo 6: assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos;
  • objetivo 7: assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos;
  • objetivo 8: promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos;
  • objetivo 9: construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.

Sendo assim, é possível notar que a sustentabilidade pode ser aplicada em várias áreas, como inovação, tecnologia, gestão, etc, para diversos fins. Porém, o principal deles é garantir o bom uso da natureza e, em, contrapartida ajudar a humanidade a se desenvolver e a sanar problemas importantes, como fome e pobreza.

Por que ela é importante?

A sustentabilidade se faz importante atualmente na medida em que cada vez mais temos visto problemas ambientais acontecerem de maneira agressiva, trazendo prejuízos não só para os seres humanos, mas também para outras espécies de seres vivos. Como exemplo, podemos falar do aquecimento global, que tem como consequência tsunamis, calor exacerbado, principalmente nas metrópoles, e outros.

 

Dessa forma, com atitudes ecológicas e conscientes, é possível diminuir os efeitos desses problemas ambientais. O que é importante para todas as espécies do nosso planeta.

Como tornar o condomínio sustentável?

Agora que já entendeu melhor o conceito de sustentabilidade, vamos falar sobre o que o condomínio pode fazer para se tornar sustentável também. Confira!

Passo 1: Implante a coleta seletiva

Esse é um dos passos mais simples e fáceis de fazer, que muitos condomínios já praticam, inclusive, tendo em vista o grande volume de lixo produzido por eles. A coleta seletiva serve para que o lixo seja separado de acordo com a característica de seu material e que depois seja encaminhado para a reciclagem.

 

Assim, incentive os moradores a selecionaram os lixos corretamente e instale lixeiras específicas pelo condomínio. Além disso, é interessante fazer uma assembleia para explicar aos condôminos o que significa cada cor, como separar o lixo e a importância disso.

Passo 2: Pratique compostagem

Um outro meio de praticar a sustentabilidade no condomínio através do reaproveitamento do lixo é a compostagem. Como os resíduos orgânicos gerados não são recicláveis, eles podem virar adubo para plantas.

 

Mesmo sem muito espaço, é possível fazer composteiras menores e simples. O adubo gerado pode ser vendido, doado e até utilizado dentro do próprio condomínio.

Passo 3: Invista em lâmpadas de LED

Apesar de serem mais caras, as lâmpadas de LED geram até 80% de economia de energia em relação às formas de iluminação tradicionais. Por isso, investir nesse tipo de luz para o condomínio pode ser bom financeiramente e para o meio ambiente.

Passo 4: Inslate uma cisterna

As cisternas são reservatórios que armazenam água da chuva, da piscina e até de ar condicionado. Por isso, elas são um meio de economizar e reutilizar a água dentro do condomínio.

Passo 5: Incentive pequenas atitudes que fazem a diferença

Por fim, é importante incentivar pequenas atitudes para que os condôminos comecem a dar valor aos atos sustentáveis, como a carona compartilhada, o reuso de água da máquina de lavar e muitos outros.

 

Para tornar o condomínio sustentável, basta analisar as possibilidades do espaço. Muitas vezes, apenas atitudes de conscientização são necessárias para que todos possam dar a devida atenção à sustentabilidade.

 

Este artigo foi útil para você? Então, lembre-se de compartilhar esses passos com seus amigos também para ajudar o meio ambiente!

Comentários