• 11 de Dezembro de 2019
  • Comentário(s)

  • 05 de Dezembro de 2019
  • Comentário(s)

  • 28 de Novembro de 2019
  • Comentário(s)

Má administração de Condomínio. O que fazer?

 

Vamos falar sobre a perda da credibilidade, desvalorização do imóvel e descumprimentos legais. 

O que acontece com a má administração de um condomínio? 

Existem diversas consequências negativas que ocorrem em um condomínio quando uma administração não é executada com eficiência. Conheça abaixo os impactos de cada uma. 

Falta de confiança dos moradores 

Os condomínios que não são gerenciados com qualidade têm uma série de prejuízos. Uma má gestão pode complicar o bolso dos condôminos, já que a taxa condominial, geralmente, dobra ou triplica o valor. 


O aumento da taxa não é satisfatório para ninguém. Os condôminos esperam uma boa administração, que diminua os gastos do condomínio e deles mesmos.

Se o trabalho não for bem feito, há uma falta de confiança na competência do síndico eleito.

Desvalorização do imóvel 

A má administração é um dos principais motivos pelos quais um imóvel se desvaloriza. O prejuízo fica em torno de 30% do valor atual. A queda ocorre porque alguns espaços e equipamentos ficam sem manutenção; o síndico tem várias dívidas trabalhistas para resolver; e os valores das taxas condominiais aumentam. 

Descumprimentos legais 

Uma administração ineficiente pode trazer problemas na justiça para o síndico. O descumprimento de alguma obrigação resulta em multas ou processos. Por isso, é fundamental redobrar a atenção para diversas questões como: seguro de edificação; prestação de contas e início de obras respeitando o quórum. 


O síndico também precisa ficar atento as obrigações dos funcionários. A lista é extensa. 


  • Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA)

  • Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO)

  • Relação Anual de Informações Sociais - (Rais)

  • Contribuições sindicais, INSS, FGTS, PIS e DIRF etc. 


Além disso, o condomínio deve fazer a manutenção de elevadores, limpeza da caixa d’água, laudo técnico de para-raio, entre outras. 


Em um primeiro momento, o profissional se assusta com o excesso de tarefas. No entanto, perceberá que elas são fundamentais para a boa convivência entre moradores, síndico e funcionários. 

Quando identificar a má administração de um condomínio?

Uma gestão de baixa qualidade não aparece do dia para a noite. Pelo contrário, há sinais que ajudam a identificar quando a situação não está boa para o síndico. 


  • falta de verba para realizar obras no condomínio; 

  • falta de manutenção nos equipamentos do condomínio. 


As duas situações acima são os casos mais comuns. Portanto, se estiver enfrentando um desses problemas, recomendamos procurar ajuda de um profissional especializado para que ele aponte quais são os melhores caminhos para reverter o cenário. 

Como evitar problemas no condomínio? 

A gestão de tarefas não é fácil para um síndico. No entanto, ele não precisa resolver sozinho todos os problemas que surgirem no meio do caminho. Para isso, o profissional pode recorrer ao auxílio da administradora de condomínio. 


A empresa pode ajudá-lo em diversas etapas: confecção, impressão, registro em cartório, digitalização e distribuição de editais de convocação, notificações, circulares, avisos e atas de assembleias.


A administradora também facilita a sua rotina quando o assunto é gestão de inadimplentes. Ela orienta o síndico a solucionar o problema da melhor forma e ainda oferece o pagamento via cartão de crédito para trazer mais tranquilidade ao morador. 


Uma dica interessante é buscar uma administradora que faz o backup de todos os documentos que são úteis em sua rotina. Dessa forma, você não perde tempo procurando os dados e evita problemas em caso de perdas. 


A CASA é uma das melhores empresas de administração de condomínio em BH. Ela está no mercado há mais de 50 anos. A tecnologia, a experiência dos profissionais e a qualidade dos seus serviços garantem credibilidade para o cliente. 


A CASA tem ainda um aplicativo que executa diversas atividades para facilitar a rotina dos moradores: resgatar 2ª via de boletos; consultar débitos; reservar espaços coletivos; registrar ocorrências; votação online; sistema de carona fácil; comunicados com a opção de inserir anexos; controle de encomendas e controle de acessos.


Diante desse cenário, a contratação de uma administradora de condomínio é fundamental para a sua rotina. Ela traz segurança, agilidade e eficiência para as suas tarefas diárias. A dica vale especialmente para o profissional de primeira viagem, que precisa de uma orientação para prosseguir com todas as demandas. 


Agora que você já conhece quais são os impactos de uma má administração de um condomínio, que tal descobrir os benefícios de uma administradora para o seu dia a dia? Acesse o artigo e veja como essa empresa pode transformar a sua rotina, além de trazer mais qualidade de vida para os moradores. 


Comentários