• 22 de Setembro de 2020
  • Comentário(s)

  • 14 de Setembro de 2020
  • Comentário(s)

  • 08 de Setembro de 2020
  • Comentário(s)

Manutenção da piscina do condomínio: quando fazer?

Como já falamos algumas vezes aqui no blog da Casa Administradora, critérios como segurança, comodidade e lazer são decisivos para famílias que decidem viver em condomínios residenciais. Neste sentido, sabe-se que a manutenção eficiente das áreas comuns, como academia, playground e piscina do condomínio são fundamentais. 

A piscina no condomínio é um importante centro de lazer para crianças e adultos. Além de favorecer a boa convivência entre todos, quando bem cuidada, ela ainda ajuda a valorizar o empreendimento. Também por isso, a mesma é utilizada por um grande volume de pessoas diariamente, exigindo maior frequência na manutenção e assiduidade por parte do síndico

Assim como em qualquer outro ambiente, a piscina do condomínio é mais frequentadas em algumas épocas do ano do que em outras. Logo, você provavelmente verá muito mais pessoas nesta área nos meses de julho, dezembro e janeiro do que em outros meses, já que o período coincide com as férias escolares

Como consequência, a frequência e intensidade das manutenções também deve se adequar ao longo do ano, de acordo com a demanda existente. Mas, afinal, que cuidados devem ser tomados? Como fazer a manutenção da piscina do condomínio corretamente? Confira a seguir. 

Como e quando fazer a manutenção da piscina do condomínio

Muitos síndicos não sabem como e quando fazer a manutenção da piscina do condomínio corretamente. Se você também tem dúvidas, veja quais são os cuidados essenciais para manter essa importante área de convivência em perfeitas condições de uso. 

Diariamente 

Para garantir a limpeza da piscina, algumas providências devem ser tomadas diariamente, independentemente da época do ano, como é o caso da filtragem. Isso possibilita remover os resíduos visíveis da água mais facilmente, melhorando também a qualidade da água. Para tanto, deve-se respeitar o tempo e modo de uso indicados pelo fabricante do filtro

Em períodos de uso intenso da piscina do condomínio, recomenda-se que a aplicação do cloro também seja feita diariamente e de preferência durante a noite. Este cuidado ajuda combater e impedir a proliferação de microorganismos nocivos a saúde. Quando a utilização da piscina for menos intensa, a cloração pode ser feita em dias alternados. 

Semanalmente

Alguns tipos de resíduos podem afundar e se depositarem no fundo da piscina. Para removê-los, é necessário fazer a aspiração semanalmente, com dispositivo apropriado. 

Na mesma frequência, deve-se fazer a limpeza das bordas da piscina no condomínio, que costuma acumular resíduos de protetores solares, oleosidade, fungos e algas. A higienização é simples e pode ser feita com uma esponja ou escova macia, além de produto específico para a limpeza desta área. 

A fim de manter a piscina em condições adequadas para banho, o responsável pela manutenção deve controlar, no mínimo, uma vez por semana o Ph e a alcalinidade da água, com testes e kits específicos para este fim. 

Recomenda-se, ainda, aplicar semanalmente um algicida. O produto impede a formação de algas que podem ser prejudiciais a saúde, além de interferirem na aparência da piscina do condomínio. 

piscina-do-condominio


Quando necessário

Mesmo com todos os cuidados acima, a água pode acabar se tornando turva e pouco atrativa para o banho. Muitas vezes, este torna-se um motivo de reclamações por parte dos condôminos. 

Para evitar o problema, não existe uma frequência ideal para a clarificação da água, que deve ser realizada sempre que a mesma apresentar turbidez. O procedimento deve ser realizado com produtos adequados e específicos, durante a filtragem e conforme instruções do fabricante. 

O profissional responsável pela manutenção da piscina do condomínio deve permanecer sempre atento às condições da mesma, dando início a supercloração e decantação sempre que necessário, além de intensificar os demais cuidados se a demanda assim exigir. 

O papel do síndico da manutenção da piscina

O síndico ou a administradora de condomínio exercem papel fundamental na manutenção da piscina do condomínio. 

Além de zelar pela limpeza, removendo impurezas e mantendo a água em condições adequadas para o banho, é importante também evitar a sujeira, o que pode ser feito através de regras de utilização e estratégias de comunicação eficazes.

E você, o que acha que pode ser feito para facilitar a manutenção da piscina do condomínio? Conte para a gente aqui nos comentários e continue acompanhando as dicas da Casa Administradora.

Comentários