• 10 de Setembro de 2019
  • Comentário(s)

  • 10 de Setembro de 2019
  • Comentário(s)

Condomínio digital: 5 tecnologias que você deve investir

A tecnologia tem se apresentado cada vez mais presente em nossas vidas. No entanto, ela não serve apenas para entretenimento ou comodidades, mas também vêm em forma de inovações tecnológicas que podem ser utilizadas para aumentar a segurança, facilitar a gestão, entre outros. Por isso, o condomínio digital também vem ganhando grande atenção dos síndicos. Mas o que seria isso?

 

O condomínio digital é uma integração entre várias tecnologias capazes de facilitar a comunicação, otimizar a gestão condominial e outros benefícios. Pensando nisso, neste artigo vamos abordar 5 opções de investimento para os condomínios. Confira!

1. Portaria virtual

A portaria virtual é uma alternativa que surgiu há aproximadamente 20 anos nos Estados Unidos, mas só agora tem ganhado maior visibilidade no Brasil. Ela consiste em um sistema onde o porteiro pode ser substituído, caso o síndico queira, por um controle de portaria remoto.

 

Ele funciona da seguinte forma: o visitante chega ao condomínio e aciona o interfone, que toca em uma central de monitoramento controlada à distância, onde o atendente pode ver e se comunicar com a pessoa. Assim, ele pergunta ao visitante qual o apartamento ele está indo e seus dados depois. Posteriormente, entra em contato com o morador, que libera ou não a entrada.

 

O acesso para moradores também é automatizado. O condômino recebe uma chave de acesso anti clonagem e apenas a aproxima do sensor, que libera sua entrada.

 

A portaria virtual pode ser um método de economizar e garantir maior segurança do condomínio. Afinal, a presença do porteiro pode ser dispensada e isso evita rendições, cochilos em serviço e riscos trabalhistas.

2. Segurança eletrônica

A segurança eletrônica, em geral, consiste em sistemas de alarme, de câmera, portaria virtual, enfim, equipamentos que melhoram a segurança e tem alguma tecnologia por trás. Ela é praticamente indispensável para um condomínio digital.

3. Soluções de sustentabilidade

Não só a gestão e a segurança merecem destaque tecnológico. Atualmente, a preocupação com o meio ambiente também fez surgir tecnologias importantes, como aquecedor solar, energia fotovoltaica, sistemas de reaproveitamento de água da chuva e banho, por exemplo, compostagem, etc.

 

Elas geram economia a médio e longo prazo e ainda contribuem para o meio-ambiente. Incrível, não é mesmo?

4. Software de gestão

Por fim, tem-se os softwares de gestão, que também são importantes para o armazenamento de dados online, por exemplo. Com eles é possível automatizar alguns processos, como o controle de inadimplência, planejamento financeiro do condomínio, emissão de boletos, etc. Fuja das planilhas!

5. Aplicativo para condomínio

Outra comodidade que algumas administradoras de condomínio oferecem para facilitar a vida de condôminos e síndicos é o aplicativo para condomínio. Por meio dele, é possível dar avisos, agendar áreas comuns, receber boletos, enviar mensagens, armazenar documento e outros.

 

Sendo assim, para ter um condomínio digital, basta investir em tecnologias que mais fazem sentido para o seu condomínio. Mas lembre-se de aliar os pilares básicos: segurança, economia e boa gestão!

 

Deseja saber mais sobre tecnologias nos condomínios? Então leia este post em que falamos sobre os aplicativos específicos para condomínios!

 

Comentários